• 30 anos de ensino profissional

rumo a guimarães…

No passado dia 16 de dezembro, as turmas de Técnico de Serviços Jurídicos, 12º ano e Técnico de Receção, 11º ano da ETAP-Escola Profissional da unidade de formação de Viana do Castelo interromperam a rotina de aulas para visitar o Tribunal do Trabalho de Guimarães, o Hotel da Oliveira e o Paço dos Duques de Bragança.

De manhã, a turma de Técnico de Serviços Jurídicos visitou o Tribunal do Trabalho de Guimarães, visita que está inserida na componente prática da prova de aptidão profissional da aluna Mariana Castilho, a qual tem como tema “Questões Laborais – Acidentes de trabalho”. Nesta visita, a turma foi recebida pela senhora secretária Maria Emília da Costa Monteiro e Gonçalves Silva que mostrou as instalações do Tribunal e, em conjunto com uma escrivã e com a participação de alguns elementos da turma, foi efetuada a simulação de uma audiência na sala de audiências do tribunal. Esta simulação teve como objetivo motivar os alunos para o quotidiano dos tribunais bem como esclarecer todas as dúvidas existentes sobre a temática em questão. No decorrer da visita foram referidos aspetos importantes que os diversos profissionais ligados à área da justiça devem ter em conta, nomeadamente, a questão do vestuário, da imagem e da postura que é exigida a quem trabalha neste meio.

Enquanto a turma de Técnico de Serviços Jurídicos aprofundava os seus conhecimentos relativamente aos tribunais, a turma Técnico de Receção visitou o Hotel da Oliveira.

O Hotel da Oliveira é um sofisticado hotel de 4 estrelas, envolto em História, com um serviço personalizado de qualidade, onde todos os hóspedes e visitantes são recebidos num ambiente requintado e com a intimidade própria de uma casa privada. O Hotel apresenta um conceito orientado para a temática “Sentir Guimarães”/ “ Feel Guimarães”. Assim, em cada um dos 20 quartos do hotel, encontra-se uma caixa de luz, com uma obra artística alusiva aos principais eventos, atividades e personalidades da História, Cultura, Indústria e Religião da Cidade Berço. O objetivo central passa por criar roteiros, a partir da experiência e do contacto direto com cada um dos quartos, sendo o hóspede convidado a descobrir e a conhecer mais acerca desse tema e assim consolidar o grau de envolvimento com a obra artística que intimamente estará ligada à sua estadia. A turma foi recebida pelo diretor do hotel, Dr. Nuno Machado, que orientou a visita ao restaurante, ao bar, a um quarto, a uma suite júnior e a uma suite lux. A turma teve, também, a oportunidade de conversar com a housekeeper que destacou a importância do housekeeping para o bom funcionamento de uma unidade hoteleira e para a satisfação dos hóspedes.

Findas as visitas da parte da manhã as turmas e os respetivos professores foram almoçar ao shopping de Guimarães, onde puderam recuperar as forças para a parte da tarde.

À tarde, ambas as turmas foram visitar o Paço dos Duques de Bragança que foi mandado construir no século XV por D. Afonso, filho ilegítimo do rei D. João I e de D. Inês Pires Esteves, 1º Duque da Casa de Bragança e 8º Conde de Barcelos, por altura do seu segundo casamento com D. Constança de Noronha. Puderam então visitar o imponente edifício numa visita guiada!

 O palácio está dividido no Museu (1º piso), numa ala destinada à Presidência da República (fachada principal, 2º piso) e numa vasta área vocacionada para diversas iniciativas culturais (no rés do chão).

De salientar a importância que as visitas de estudo e as atividades de enriquecimento curricular têm na formação dos alunos, uma vez que contribuem de alguma forma para o enriquecimento cultural e técnico dos mesmos.

 

Técnico de Serviços Jurídicos, 12º ano | Técnico de Receção, 11º ano

Mariana Castilho, nº 39324